França tem sétima onda da Covid com mutação de variante da ômicron

O verão começou na França com forte calor e a sétima onda da Covid. A marca simbólica de 100 mil casos positivos detectados em um único dia foi novamente atingida. No intervalo de sete dias, 58 mil pessoas foram contaminadas diariamente, o dobro do registrado no início do mês. As infecções estão em alta em todas as regiões do país e faixas etárias. 

O rápido aumento de casos é provocado por subvariantes da ômicron. A sétima onda da Covid-19 é causada por duas cepas semelhantes BA.4 e BA.5, derivadas da linhagem BA.2 da ômicron, que provocou os surtos epidêmicos de janeiro e abril na França. Os últimos dados divulgados pelo Ministério da Saúde apontam que a BA.5 está se tornando predominante, presente em 64% dos resultados positivos. As filas para testes estão de volta nos laboratórios e nas tendas instaladas nas ruas. (Metro1)

Veja Também

spot_img

Mais Recentes